loader image

BLOG

Data
Selecionar data
Categorias
Filtros
Data
Selecionar data
Categorias

20 Ago

A história por trás da ilustração dos Led Zeppelin – Immigrant Song

Desde o primeiro momento, o M.Ou.Co. nasceu para pôr em diálogo as pessoas, a música e as outras artes, numa conversa dinâmica e muito plural. Não poderia ser de outra forma, a música é, uma vez mais, o ponto de partida para novas reflexões, abordagens e horizontes e o M.Ou.Co. tem como missão ser um espaço multidisciplinar, onde vários artistas podem partilhar a sua visão de um mundo sonoro.

Assim, nasceu esta primeira parceria com o trabalho artístico de Xan, membro da família M.Ou.Co. e artista em nome próprio. São dele os desenhos que ilustram os quartos e cada um dos temas que os sonoriza.

Enquanto trabalhava como arquiteto em Sidney, Xan começou a fazer trabalhos artísticos para a Haydenshapes, a Globe, a Monsterchildren, a Stab e outra marcas de surf. No seu estilo único, onde se misturam a criatividade solta de uma criança e a maturidade calma de um adulto, são visíveis diferentes camadas, múltiplos detalhes que prendem e questionam quem os vê. Há um lado quase selvagem nas suas abordagens gráficas, mas ao mesmo tempo há uma disciplina que torna cada pormenor uma obra em si. E no M.Ou.Co. há uma porta aberta para as receber e mostrar.

Para conhecer mais e melhor o trabalho de Xan, clique aqui

Esta e outras ilustrações impressas em serigrafia artesanal, feitas em colaboração com um atelier da cidade do Porto chamado COISA, podem ser adquiridas na receção do Hotel.

A história por trás da ilustração dos Led Zeppelin –  Immigrant Song

Esta canção é uma viagem ou não tivesse ela sido escrita, por Robert Plant, durante a turnê do Led Zeppelin pela Islândia no verão de 1970. Inspirada em Reykjavík e nas peripécias de um concerto cancelado, por uma greve de todos os funcionários públicos e que acabou por se realizar numa universidade.

Para ilustra esta canção, desenhei um mapa da Islândia e sobre ele misturei dois tipos de letras, o usado no álbum Led Zeppelin III e o que apareceu numa das capas do single Immigrant Song. Além disso, o zepelim e a flecha que inclui Reykjavik seguem as silhuetas que aparecem no álbum Mothership. O resultado é um voo colorido e sonoro.